02/02/2016

Óleo de coco e seus benefícios

O Óleo de Coco mais uma vez ganha destaque no Brasil e tudo isso se deve a estudos que apontam seus benefícios, além de ser o queridinho por muitos artistas. Extraído basicamente da polpa do coco, que é levado à um processo de refinamento, ele possui diversas propriedades que são excelentes para a saúde e principalmente para o processo de perda de peso. O Óleo de coco possui ácidos graxos benéficos essenciais, tem ação antioxidante, além de contribuir com a melhora do sistema imunológico.

óleo de coco se tornou muito popular nos círculos de saúde alternativa, apesar do fato de que por muitos anos foi considerado uma gordura “ruim”, devido ao seu alto teor de gordura saturada. No entanto, verifica-se que a gordura saturada do óleo de coco, particularmente óleo de coco virgem, não é a mesma gordura saturada que existem em outros tipos de óleos.

Ele contém os ácidos de cadeia média que são mais fáceis de serem absorvidos pelo corpo do que os ácidos gordos de cadeia longa, encontrada em muitos outros óleos. Ele também contém vários compostos que são bons para sua saúde, incluindo o ácido caprílico, ácido cáprico e ácido láurico.

Conheça alguns benefícios do óleo de coco.

 

1 – Antioxidante

O Óleo de Coco tem uma ação antioxidante, que ajuda a proteger o organismo da ação danosa dos Radicais Livres.  A Gordura do Óleo de Coco Extra Virgem tem a vitamina E que contém tocotrienóis e tocoferóis.

 

2 – Colesterol

Os óleos de coco também ajudar a reduzir o Colesterol LDL (o mau colesterol), além de evitar a oxidação do mesmo. E ao mesmo tempo a polpa de coco ajuda elevar o colesterol HDL, que ajuda a prevenir doenças cardiovasculares e também doenças no cérebro.

3 – Emagrecimento

O óleo de coco contém Triglicerídeos de Cadeia Média, que é de fácil absorção e não de cadeia longa, como normalmente encontramos nos alimentos. E a vantagem dessa informação é que eles são mais bem absorvidos pelo corpo, principalmente no fígado, sendo logo convertidos em energia e não se acumulando em forma de gordura no corpo. Um estudo feito no Canadá em 2000 mostrou que pessoas que consumiam o óleo de coco tinham uma maior oxidação das gorduras, processo que causa sua quebra, do que as pessoas que seguiam dietas com óleos comuns. Quando a gordura é quebrada no tecido adiposo, ela é usada em forma de energia, ou seja não fica acumulada no organismo na forma dos famigerados pneuzinhos.  

 

4 – Melhora o Sistema Imunológico

Além de ajudar a emagrecer, o Óleo de Coco também ajuda a melhorar o sistema imunológico, combatendo verme, bactérias e fungos. Ele melhora a absorção dos nutrientes, o que faz aumentar  as defesas do organismo.

 

5 – Regula a Função Intestinal

 Os componentes do óleo de coco normalizam as funções intestinais. Além de eliminar as bactérias inimigas, protegendo e favorecendo o crescimento da “flora amiga”.

 

6 - Saúde Cardiovascular

Embora o óleo de coco é uma gordura saturada, vários estudos descobriram que a ingestão de óleo de coco virgem não tem efeitos adversos sobre o coração. Pelo contrário, parece reduzir o risco de níveis elevados de colesterol e de ataque cardíaco. Os pesquisadores descobriram que os polinésios das Ilhas, cuja dieta é extremamente rica em óleo de coco tem baixos níveis de colesterol e uma baixa incidência de ataque cardíaco em comparação com as pessoas no resto da Nova Zelândia que não consomem óleo de coco. 

No Sri Lanka, um estudo constatou que a incidência de ataque cardíaco aumentou porque o consumo de óleo de coco tem sido muito baixo.

Óleo de coco em cápsulas

Das diversas formas disponíveis no mercado o óleo de coco em cápsulas, ainda é o que mais atrai os consumidores e o principal motivo é a facilidade do uso e também a boa concentração. O laboratório Sunflower possui o óleo de coco em cápsulas e se destaca por fornecer um óleo extra virgem de alta qualidade. O Óleo de coco Sunflower possui 0% de gorduras trans., não é hidrogenado e seu processo de extração é a frio tornado-o mais puro.

 

Fontes e referencias

DebMandal M, Mandal S. Coconut (Cocos nucifera L.: Arecaceae): in health promotion and disease prevention. Asian Pacific Journal of Tropical Medicine. 2011; 241-247.

N. M. de Roos, E. G. Schouten, and M. B. Katan, “Human nutrition and metabolism: consumption of a solid fat rich in lauric acid results in a more favorable serum lipid profile in healthy men and women than consumption of a solid fat rich in trans-fatty acids”, Journal of Nutrition. 2001; 131(2): 242–245.

Liau KM, Lee YY, Chen CK, Rasool AHG. An open-label pilot study to assess the efficacy and safety of virgin coconut oil in reducing visceral adiposity. ISRN Pharmacology